quarta-feira, 17 de julho de 2013

Ladrões explodem caixa eletrônico em Elísio Medrado

Quatro homens armados com fuzis e pistolas explodiram um caixa eletrônico do Bradesco na cidade de Elísio Medrado (a 223 km de Salvador), na madrugada desta quarta-feira (17). 
De acordo com a Polícia Civil, parte da estrutura da agência foi destruída. A quantia roubada não foi divulgada. Ainda segundo a polícia, em fevereiro deste ano a agência foi alvo de bandidos.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Árvore cai e destrói dois carros na Avenida Centenário

Uma árvore caiu por volta das 9h30 desta segunda-feira (08) e atingiu um Toyota Corolla (NYS 9020) e um Ford Fiesta (JPM 8891) que estavam em movimento na Avenida Centenário, em Salvador. Uma idosa de 85 anos que estava no Corolla ficou ferida, mas passa bem. 

Foto de Edilson Lima

O acidente aconteceu próximo à entrada do Calabar, na altura do Shopping Barra, e bloqueou o trânsito nos dois sentidos da avenida. 

"Os fiscais da Prefeitura sabiam que essa árvore estava podre e já esperavam ela cair", disse a fisioterapeuta Larissa Carvalho, de 46 anos, moradora do Calabar. Segundo a Transalvador (Superintendência de Trânsito e Transportes de Salvador), os veículos tiveram perda total.

Quadrilha explode caixa do Bradesco em Bom Jesus da Serra (BA)

Ao menos quatro homens armados com revólveres e fuzis explodiram um caixa eletrônico do Bradesco em Bom Jesus da Serra (a 395 km de Salvador), na madrugada desta segunda-feira (08).
De acordo com a Polícia Militar, por volta das 2h30 moradores da cidade ouviram o barulho da explosão e disseram que viram quatro homens entrando em um carro vermelho logo após a explosão. Os ladrões não conseguiram levar o dinheiro do caixa, que ficou destruído.

Dentista é morto a tiros em Ibicaraí (BA)

O dentista Cleidson Dias Cardoso, de 31 anos, chegava em casa por volta de 1h30 desta segunda-feira (08), quando foi morto a tiros na porta da garagem, em Ibicaraí (a 470 km de Salvador). Cerca de 30 minutos antes, Cleidson estava em uma festa na cidade vizinha de Santa Cruz da Vitória, a 30 km de Ibicaraí. 
Testemunhas disseram à polícia que um homem desceu de um carro preto, abordou o dentista na porta da garagem, disparou quatro vezes e fugiu. A vítima foi atingida no abdômen e na mão esquerda. 
Segundo a Polícia Militar, um desentendimento entre o dentista e um homem que estava na festa foi o estopim. O nome do suspeito ainda não foi divulgado. O corpo de Cleidson será sepultado amanhã (09) às 11h, no Cemitério Municipal de Ibicaraí.

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Adolescente de 16 anos é esfaqueada pelo ex-namorado na Boca do Rio

Uma adolescente de 16 anos foi esfaqueada pelo ex-namorado, que não teve o nome divulgado, em sua casa na Boca do Rio, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 19h, na rua Orlando Moscoso. Segundo informações da 9ª Delegacia (Boca do Rio), a vítima foi atingida no braço e nas costas durante uma discussão com o criminoso. Ela foi socorrida no Hospital Roberto Santos, onde continua internada. O criminoso está foragido, segundo a polícia.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Em dia de fúria, professor destrói produtos em loja em SP

Revoltado com a demora no ressarcimento de uma compra que nunca foi entregue, o professor Rodrigo Ciríaco, de 32 anos, entrou em uma loja da Dicico, em São Paulo, e destruiu diversos produtos do mostruário com um martelo. Ele postou um vídeo no Youtube, que já teve mais de 80 mil visualizações, falando sobre seu "dia de fúria" e contando o que aconteceu. 
Na gravação, Rodrigo aparece em frente à loja explicando que os produtos que comprou não foram entregues e por isso ele pediu o ressarcimento, que também não foi feito, obrigando-o a fazer a mesma compra em outra loja e atrasando o andamento da obra. 
"Essa é a quarta vez que venho aqui. Eu juro que não queria fazer o que vou fazer." Em seguida ele entra na loja e quebra diversos produtos. "Eu comprei uma cuba dessa, como não me entregaram...", diz Rodrigo, antes de marretar uma cuba de pia no mostruário
Segundo ele, o problema não foi um simples atraso. "Primeiro a loja disse que havia o produto no estoque, mas não entregou no prazo. Depois prometeram fazer a entrega em três datas diferentes, nenhuma foi cumprida. Deram várias desculpas, como de que o carro da loja havia quebrado. Aí finalmente disseram que não tinham o produto em estoque."
Rodrigo diz que comprou os produtos em outra loja e pediu o reembolso, que foi prometido para o mesmo dia. "Depois eles disseram que só iam me ressarcir em 20 dias. Tenho 50 minutos de conversa gravada com as mentiras que eles contaram".
Pai de uma criança, formado em História pela USP, escritor e professor da rede pública, Rodrigo afirma que é uma pessoa pacífica, mas não aguentou o desrespeito. "Eles me levaram ao limite. Tive muito prejuízo", diz ele, que precisa pagar aluguel enquanto as obras da sua casa, em financiamento, não ficam prontas.
"Eu vi diversas reclamações parecidas contra a loja na internet e isso me deixou ainda mais bravo. Não acho que o que eu fiz está certo, e se tiver que responder na Justiça, vou responder. Mas não me arrependo, porque a loja também tem que responder - e está respondendo, com o prejuízo à imagem."
O professor diz que em nenhum momento quis incitar a violência com o vídeo e que só levou a câmera por uma questão de segurança. "Eu deixei claro que não queria machucar ninguém, queria danificar só o que eles não entregaram, mas alguém podia reagir. A câmera foi pra eu poder me resguardar fisicamente." 
Segundo ele, o vídeo só foi postado na internet para mostrar o tratamento que a loja dá aos clientes. A Dicico disse que vai pedir a retirada do vídeo do Youtube e afirmou, em nota, que tinha se comprometido com o reembolso.

Motorista de ônibus é encontrado morto dentro de carro em Águas Claras

O motorista de ônibus Alex de Jesus Souza, de 35 anos, foi encontrado morto dentro de seu carro, um Astra, em Águas Claras (região metropolitana de Salvador), por volta das 15h desta terça-feira (02). 
De acordo com a Polícia Militar, a vítima levou sete tiros - três na costas, dois nos braços e dois no abdômen. Ainda segundo a PM, o veículo estava parado com o motor desligado na rua irmã Dulce. Não havia marcas de balas no veículo e o corpo estava no banco do motorista. 
Testemunhas disseram à polícia que na véspera do crime houve uma briga entre Alex e um vizinho, que não teve o nome divulgado. O caso será investigado pela delegada Iola Nolasco, do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

Dez homens armados roubam joalheria no shopping Morumbi, em SP

Dez homens armados roubaram no início da noite desta terça-feira (02) a joalheria Sayegh, no shopping Morumbi, zona sul de São Paulo. Pouco antes das 19h, o bando entrou na loja, rendeu os funcionários e levou joias que estavam no mostruário. Um dos ladrões disparou um tiro, mas ninguém foi atingido, segundo a Polícia Militar.
Ainda segundo a PM, um dos seis veículos usados pelos criminosos na fuga foi abandonado na marginal Pinheiros com parte das joias roubadas. A PM suspeita que esse carro, um Peugeot 407 preto, foi deixado propositalmente para desviar o foco dos policiais, que buscavam o bando na região do shopping.
Um fato que chamou a atenção da PM é que os bandidos usaram dois táxis para fugir. A polícia não sabe se os donos dos táxis eram reféns dos criminosos ou colaboraram com a fuga dos ladrões. Os outros veículos, uma Tucson preta e duas motocicletas, foram vistos perto da favela de Paraisópolis pouco após o assalto. 
Neste ano, ao menos outras três joalherias em shoppings paulistanos foram roubadas. Os crimes aconteceram nos dias 12 de fevereiro, no Ibirapuera; no dia 3 de março, no Boavista, e no dia 28 de março, no Santa Cruz. Texto publicado originalmente em 02 de julho de 2013, no jornal Folha de São Paulo, caderno Cotidiano.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Protesto em Teresina termina com ataque à Câmara e PMs feridos

Yala Sena 

Ao menos 20 pessoas foram presas na noite desta segunda-feira (24) durante confronto com a Polícia Militar em Teresina (PI). No terceiro dia de protestos na capital piauiense houve confrontos com um grupo de manifestantes em frente à Câmara Municipal. 

Foto de Yala Sena

Dois policiais militares ficaram feridos. Um deles levou uma pedrada no nariz. A Polícia usou gás lacrimogêneo e bomba de efeito moral para dispersar os manifestantes. Um grupo de 150 pessoas participou do apedrejamento da Câmara e do enfrentamento com a polícia. 
Os protestos pedem a redução da passagem de ônibus de R$ 2,10 para R$ 1,75 e que o prefeito Firmino Filho (PSDB) adote o passe livre para estudantes e trabalhadores desempre-gados. 

No início da tarde, cerca de mil pessoas ocuparam as ruas da cidade em passeata pacífica. Por volta das 19h, um grupo se dispersou e rachou com o movimento, devido à presença de líderes do PSTU e do PSOL. O coronel Alberto Menezes, comandante de policiamento de Teresina, informou que quatro pessoas foram presas com coquetel molotov e jogando pedras em policiais nas imediações da Câmara Municipal. 
O mesmo grupo interditou a avenida Frei Serafim, principal corredor de veículos da capital. "É um grupo que não se junta com os outros manifestantes e provocam vandalismos. Na última sexta-feira, eles apedrejaram o Palácio de Karnak [sede do poder estadual no Piauí]", disse coronel Alberto. 
Os presos irão responder por depredação ao patrimônio público e lesão corporal. A Câmara Municipal de Teresina teve vidros quebrados e dois carros da polícia apedrejadas. Canos também foram destruídos. O subtenente do 1º Batalhão da PM, Raimundo Pereira, foi ferido com uma pedrada no nariz.
A estudante de direito, Lorena Varão, 23, condenou a repressão da polícia e disse que o movimento não deve ser criminalizado. "Tentamos fazer um ato unificado, mas não houve acordo. Mesmo assim, estamos dando apoio jurídico aos presos", disse.
Texto publicado originalmente em 24 de junho de 2013, no jornal Folha de São Paulo, caderno Cotidiano.

Presa é encontrada morta em presídio de Vitória da Conquista

A detenta Dalva Souza, de 47 anos, foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (24) em uma cela do presídio Advogado Nilton Gonçalves, em Vitória da Conquista (a 512 km de Salvador).  
Segundo a Seap (Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização), Dalva Souza sofria de hipertensão e foi encontrada morta durante a contagem de presos, às 8h30. 
Ainda segundo a Seap, uma autópsia será realizada para concluir a causa da morte. Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi encaminhada ao presídio, mas Dalva já estava morta. 

Ela foi presa no último dia 21, acusada de tráfico de drogas. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Vitória da Conquista.

domingo, 23 de junho de 2013

Jovem de 19 anos é atingido por bala perdida na Mata Escura e fica tetraplégico

Uma briga entre dois grupos rivais na tarde deste domingo (23), no bairro da Mata Escura, em Salvador, deixou o estudante Cleiton Barbosa Santos, de 19 anos, paraplégico. 
Atingido no pescoço por um disparo de revólver calibre 38, ele disse à polícia que foi vítima de uma bala perdida durante um tiroteio entre gangues rivais de duas ruas do bairro. 
Segundo a Polícia Civil, o jovem caminhava na Rua Direta da Mata Escura por volta das 13h, quando foi baleado próximo ao local da briga. Ele foi socorrido no HGE (Hospital Geral do Estado), onde está internado na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo).

Ciclista morre atropelado por van em Feira de Santana

Um ciclista ainda não identificado morreu após ser atropelado por uma van na avenida José Falcão, em Feira de Santana (a 108 km de Salvador), na tarde deste sábado (22). Segundo a Polícia Militar, o acidente aconteceu por volta das 14h40. 
Uma equipe do Samur (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada, mas o ciclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A vítima foi atingida de costas. A van (JOR 5484, de Coração de Maria), da Cooperativa Ascavro, era conduzida por Antônio Galiza da Silva Junior.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Morre aos 51 anos o ator James Gandolfini, de Família Soprano

Morreu nesta quarta-feira (19), em Roma, o ator americano James Gandolfini, aos 51 anos, vítima de um ataque cardíaco. Ele estrelou a série Família Soprano, como o mafioso Tony Soprano, em 1999. Gandolfini estava na Itália para o Festival de Cinema de Taormina, na Sicília. 
Divulgação

No cinema, ele participou dos filmes Um Bonde Chamado Desejo (1992), Amor à Queima-Roupa (1993), O Nome do Jogo (1995), A Mexicana (2001), A Hora Mais Escura e Not Fade Away, em 2012. 

Gandolfini gravou a minissérie Criminal Justice, da HBO, que irá ao ar em 2013, e filmou o longa Animal Rescue, que será lançado em 2014. Em 1999, ele venceu o Globo de Ouro pelo papel em Família Soprano

Com seis indicações ao Emmy pela série, ele venceu o prêmio em 2000, 2001 e 2003Gandolfini deixa a mulher, Deborah Lin, e dois filhos - uma menina de um ano e um adolescente de 16 anos, de seu casamento anterior. 

Dolce e Gabbana são condenados à prisão por evasão fiscal

Os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana, donos das grifes Dolce&Gabbana e D&Gforam condenados nesta quarta-feira (19) em Milão a um ano e oito meses de prisão por evasão fiscal de 1 bilhão de euros. Cabe recurso.
Segundo as autoridades italianas, os estilistas transferiram a sede da empresa para Luxemburgo a fim de escapar do fisco italiano. Domenico e Stefano venderam as marcas para a empresa de fachada Gado, criada em 2004, no paraíso fiscal. 
Eles negociaram as marcas por cerca de 360 milhões de euros, valor muito menor que o real, de 700 milhões de euros. As informações são do jornal espanhol El País. 
Além da prisão, os estilistas devem pagar uma multa de 500 milhões de euros à Receita Federal do país, informou o jornal italiano Corriere della Sera.

Alckmin e Haddad farão anúncio sobre redução das tarifas em SP

Bruno Boghossian 
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) anunciarão às 18h desta quarta-feira (19) uma medida conjunta para reduzir as tarifas de transporte público em São Paulo. 

A decisão foi tomada após o aumento das manifestações contra o alto custo dos bilhetes de ônibus, trem e metrô na capital e no Estado. O anúncio será feito no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Ontem, ocorreu o sexto protesto contra as tarifas na capital paulista.

Torcedores burlam regra da Fifa e fazem manifestação no Castelão

Dezenas de torcedores burlaram a regra da Fifa e fizeram manifestação dentro do Castelão (Fortaleza) antes de começar o jogo entre Brasil e México pela segunda rodada da Copa das Confederações. 

"Dentro do estádio há um código de conduta, está escrito nos ingressos e nos guias que publicamos. É aplicado em grandes eventos esportivos no mundo inteiro, temos o mesmo padrão que já foi usado nas partidas anteriores e nas demais competições da Fifa", disse o porta-voz da Fifa, Pekka Odriozola. 
Na primeira partida no Maracanã, uma faixa com a inscrição "Fair play governo" foi retirada da arquibancada. Além da dificuldade para chegar ao Castelão por causa dos protestos, os torcedores que estão no estádio sofrem com filas nos banheiros e nos bares. Para piorar, não há comida nem bebida em vários deles.

Estudante de arquitetura é detido por destruição da prefeitura de SP

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (19) Pierre Ramon Alves de Oliveira, de 20 anos, que aparece (de camiseta branca) em imagens como um dos vândalos que destruiu ontem (18) a entrada da Prefeitura de São Paulo, no viaduto do Chá, durante os protestos contra o aumento da tarifa de ônibus. 
Ele é estudante de arquitetura da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) e trabalha na empresa da família. No Facebook, Pierre diz ser adepto de artes marciais, como Muay Thai e Jiu-Jitsu. 
Nesta quarta-feira, ele prestou depoimento no Deic (Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado). A polícia confirmou que era ele após ouvir testemunhas e confrontar a foto dele com as que constam na sua página em redes sociais.
Após o depoimento de Pierre, a polícia vai pedir a prisão temporária dele por dano a patrimônio público e formação de quadrilha. 

Foto de Joel Silva - Folhapress

Nas imagens registradas pela imprensa, Pierre aparece com grades na mão destruindo os vidros da sede da prefeitura. Ele também participou da tentativa de invasão ao prédio e deu chutes em guardas-civis que tentavam impedir a entrada dos manifestantes. 

Foto de Joel Silva - Folhapress

O Movimento Passe Livre, organizador da manifestação, diz repudiar atos de violência. Outros manifestantes que destruí-ram e picharam o local ainda não foram identifica-dos. Enquanto um grupo tentava derrubar as grandes, a maioria gritava "sem violência, sem violência". E os que preconizavam a invasão respondiam "sem burguesia, sem burguesia". Texto publicado originalmente em 19 de junho de 2013, no jornal Folha de São Paulo, caderno Cotidiano.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Mototaxista é morto a tiros em Feira de Santana

O mototaxista Luciano da Costa Lima, de 31 anos, foi morto a tiros na manhã desta terça-feira (18) na barraca Ponto de Jaca, em Feira de Santana (a 108 km de Salvador). A polícia suspeita que Luciano foi vítima de uma execução. 

O crime aconteceu por volta das 9h, no cruzamento da rua Teixeira com a Tomé de Souza, no bairro Rua Nova. Segundo a polícia, dois homens em uma moto atiraram contra o mototaxista e fugiram. Nascido e criado no bairro, Luciano era solteiro e morava com o pai. Ele trabalhava como mototaxista desde 2005.

Procon autua delicatessens Albani e Super Pão na Pituba

Agentes do Procon da Bahia encontraram nesta segunda-feira (17) problemas como má conservação de alimentos, produtos sem data de validade e com prazo de validade vencido nas delicatessens Albani e Super Pão, no bairro da Pituba, em Salvador. De acordo com o superintendente do Procon, Maurício Freire Soares, as empresas autuadas vão responder a processo administrativo e têm 15 dias para apresentar a defesa.

Após assalto a ônibus, criminoso é morto em Plataforma

O assaltante Mário de Jesus Filho, de 25 anos, morreu baleado após roubar os passageiros de um ônibus da empresa Expresso Metropolitano, no bairro de Plataforma, em Salvador, por volta das 6h desta terça-feira (18). 
Segundo a Polícia Militar, o assaltante entrou no coletivo, que fazia a linha Jardim Campo Verde (Simões Filho)-Terminal da França, e roubou bolsas, carteiras e celulares dos passageiros. Quando desceu do veículo, ele foi baleado nas costas e na cabeça e socorrido no Hospital do Subúrbio, mas não resistiu aos ferimentos. 
Não há informações sobre o autor dos disparos, mas a polícia acredita que o tiro que matou o assaltante partiu da arma de um passageiro do ônibus. No momento do assalto, o coletivo estava lotado, com pelo menos 50 passageiros.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Noivo morre em acidente a caminho do casamento em Anápolis

O consultor imobiliário Leandro Alves da Silva, de 28 anos, morreu na tarde de sábado (15), após sofrer um acidente a caminho da cerimônia religiosa do seu casamento, no km 437 da BR-414, em Anápolis (a 48 km de Goiânia). 

A noiva, Viviane Maria de Souza, de 24 anos, soube da morte de Leandro na porta da igreja, a Divino Pai Eterno, no bairro das Bandeiras. Segundo a polícia, o acidente aconteceu por volta das 17h, quando Leandro dirigia sua moto e foi atingido por uma picape Nissan Frontier, que invadiu a pista contrária. Ele morreu na hora.

Tiroteio durante tentativa de assalto gera pânico e deixa um ferido no Shopping Paralela

Uma tentativa de assalto a um carro-forte provocou pânico e deixou uma pessoa ferida na tarde desta segunda-feira (17) no Shopping Paralela, em Salvador. Por volta das 17h30, quatro homens armados invadiram o shopping e tentaram roubar o malote do banco Itaú, que estava com seguranças do carro-forte da empresa Nordeste. 

Houve troca de tiros com seguranças, pânico no local e uma mulher ficou ferida. A Polícia Militar informou que o grupo entrou no shopping em um Volkswagen Gol prata e se dividiu: dois ficaram do lado de fora, enquanto os outros foram até o primeiro piso. Um dos criminosos foi rendido pelo segurança e o comparsa reagiu com tiros. 
Um dos tiros disparados pelo bandido atingiu uma mulher que passava em frente à escada rolante. Ela foi socorrida por equipes de emergência do shopping. Não não informações sobre o estado de saúde da vítima. A fisioterapeuta Anna Claudia Cunha, de 26 anos, estava no local e disse que "muitos clientes deitaram no chão e houve correria". Segundo ela, na área do tiroteio havia cerca de 60 pessoas.
Segundo a PM, um dos criminosos foi capturado com um revólver calibre 38 e os comparsas conseguiram fugir. Na escada rolante e no piso do shopping tinha manchas de sangue. Em nota, o shopping confirmou a tentativa de assalto. Leia a íntegra do documento:
O Shopping Paralela informa que na tarde desta segunda-feira, dia 17, houve uma tentativa de assalto em uma agência bancária nas dependências do shopping. Durante a ocorrência, uma cliente ficou levemente ferida e foi prontamente atendida pela equipe de emergência do empreendimento, que prestou os primeiros socorros à cliente. O shopping esclarece ainda está à disposição das autoridades para auxiliar no que for necessário e que está funcionando normalmente até às 22h.

PRF apreende 116 mil comprimidos de anfetamina em Alagoinhas

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na madrugada desta segunda-feira (17) 116 mil comprimidos de nobésio forte (com princípio ativo do femproporex) durante uma fiscalização no km 117 da rodovia BR-101, em Alagoinhas (a 116 km de Salvador). 

A droga, que causa euforia e é usada como inibidora do apetite, é do grupo das anfetaminas. Segundo a PRF, o material apreendido estava em um Volkswagen Gol (placa de Goiânia) que foi parado em uma fiscalização da Operação Copa das Confederações, por volta das 4h. O veículo vinha de Foz do Iguaçu (PR) e seguia para Itabaiana (SE).

Corpo de Bombeiros tenta resgatar família soterrada na Fazenda Grande do Retiro

Cinco pessoas da mesma família estão soterradas desde as 8h desta segunda-feira (17), quando um deslizamento de terra atingiu a casa de Talisson Caíque de Jesus, de 29 anos, e de sua mulher, Tainá de Jesus, 22, e o imóvel desabou na Fazenda Grande do Retiro, em Salvador. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, o deslizamento aconteceu na Rua do Ocidente, no Marotinho. Ao todo, três equipes da corporação estão no local e realizam o trabalho de resgate. Os bombeiros não souberam informar se outras casas foram atingidas. 


estado de saúde das vítimas também não foi informado. Além do casal, estão soterrados dois filhos deles - Maicon Manuel Sena de Jesus, de 6 anos, Cailon Sena de Jesus, de 1 anos e 3 meses -, a sobrinha Maíne Sena de Jesus, de 8 anos, e o sobrinho Talisson Caíque de Jesus Sena, de 7 anos.

Prefeito de Ibicuí morre após hemorragia digestiva

O prefeito de Ibicuí (a 518 km da capital baiana), Abel Cornélio Morais Filho (PDT), de 50 anos, morreu na madru-gada desta segunda-feira (17) no Hospital Samur, em Vitória da Conquista (a 512 km de Salvador), vítima de uma hemorragia digestiva. 
Cornélio tinha cirrose e deu entrada no hospital na tarde deste domingo (16). O corpo será velado na tarde desta segunda-feira no Colégio Municipal São Pedro e será enterrado amanhã (18) às 17h no cemitério de Ibicuí. A vice Gilnay Santana (PTN) assume a prefeitura oficialmente na tarde desta terça-feira (18).

domingo, 16 de junho de 2013

Homem é morto durante assalto em ponto de ônibus na Avenida Paralela

O vendedor Antônio Carlos Queiroz da Paixão, de 27 anos, foi morto a tiros após entregar seu celular e sua carteira a dois assaltantes armados na manhã deste domingo (16) em um ponto de ônibus na Avenida Paralela, uma das mais movimentadas de Salvador. 
Segundo a Polícia Militar, a vítima estava com o irmão e um amigo no momento do crime. Por volta das 5h, eles aguardavam um ônibus no ponto próximo ao Wet'n Wild, quando os dois criminosos chegaram e abordaram o grupo. 
"Eles chegaram gritando: 'passem logo a grana e o celular', atiraram na gente e fugiram a pé", disse o irmão de Antônio Carlos, que também foi roubado e ferido de raspão. O amigo deles também ficou ferido. Eles foram socorridos no Hospital Menandro Farias. 
Antônio Carlos morreu a caminho do hospital. Não há informações sobre o estado de saúde do irmão e do amigo. O caso foi registrado na 12ª Delegacia (Itapuã) e será investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

sábado, 15 de junho de 2013

Homem é atingido por balas perdidas na Bela Vista, em SP

O comerciante Paulo Sérgio da Silva, de 34 anos, foi atingido por duas balas perdidas na manhã deste sábado (15) na Bela Vista, próximo à Avenida Paulista, em São Paulo. Ele foi baleado na barriga e no pescoço durante uma perseguição da polícia a criminosos, por volta das 9h10, quando andava pela alameda Joaquim Eugênio de Lima. 
Polícia Civil não soube informar se os tiros que acertaram a vítima foram disparados pelos criminosos ou pelos poli-ciais. Paulo  Sérgio foi socorrido no Hospital das Clínicas. O estado de saúde dele é estável, segundo a assessoria do hospital.

Acidente deixa uma pessoa morta e uma ferida em Camaçari

Um acidente envolvendo um carro e duas motos deixou um homem morto e dois feridos na tarde deste sábado (15), no Km 46 da BA-099, em Camaçari, região metropolitana de Salvador. O acidente aconteceu por volta das 15h30, próximo ao município de Monte Gordo. 
Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o motociclista Rodrigo Aparecido Moreira, de 34 anos, não resistiu ao impacto da colisão e morreu na hora. O motorista do carro e o condutor da outra moto, que não tiveram os nomes divulgados, foram levados para o HGE (Hospital Geral do Estado), em Salvador. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

Três empresários são assassinados na porta de restaurante em Moema, zona sul de SP

Os empresários Chafic Rassul Neto, de 42 anos, Glauco Lepiane, 36, e Marco Aurélio Gomes, 49, foram mortos a tiros na madrugada deste sábado (15) na porta do restaurante Bar Café Journal, em Moema, zona sul de São Paulo. O crime aconteceu por volta das 3h, na Alameda dos Anapurus. 

O grupo conversava do lado de fora do restaurante, quando três homens encapuzados e armados com fuzis desceram de um Fiat Tempra preto e atiraram contra o grupo. 
Segundo a Polícia Civil, as vítimas foram obrigadas a virar de costas no momento dos disparos e morreram no local. Em seguida, os criminosos entraram no veículo e fugiram. 

Foram disparados mais de 60 tiros. As vítimas eram clientes do restaurante e chegaram no local por volta das 21h. Um outro homem que conversava com o grupo não foi atingido. As câmeras de segurança do restaurante registraram o crime e serão analisadas pela Polícia Civil. O caso foi registrado no 27º Distrito Policial (Campo Belo) e será investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Menores queimam ônibus no Itaim Paulista

César Rosati 

Dois dias após dois ônibus serem queimados na região do Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo, um grupo de dez menores invadiu um outro coletivo e ateou fogo contra o veículo no final da noite desta quinta-feira (13). 

Segundo a Polícia Civil, os jovens abordaram o coletivo, que passava pela avenida João Batista Santiago, número 120, por volta das 23h30. Eles entraram no veículo e ordenaram que os passageiros descessem o mais rápido possível.

Foto de Eduardo Anizelli - Folhapress

Logo após esvaziar o ônibus, o grupo jogou gasolina em todo o coletivo e ateou fogo. A polícia não informou qual era o itinerário. Ninguém ficou ferido. Parte do grupo fugiu e dois jovens, um de 13 e outro de 17 anos, foram apreendidos minutos depois pela Polícia Militar após tentar colocar fogo em um outro ônibus também na região do Itaim Paulista.
A polícia não descarta a hipótese de ligação entre o incêndio desta quinta-feira com os atentados cometidos na última terça-feira na região do Itaim Paulista. Texto publicado originalmente em 14 de junho de 2013, no jornal Folha de São Paulo, caderno Cotidiano.

Bancária é encontrada morta em garagem de shopping em SP

A bancária Sueli Aniceto de Oliveira, de 36 anos, que era gerente do Banco Safra e estava desaparecida desde sábado (08), foi encontrada morta dentro de seu carro, Mercedes-Benz Classe A, na madrugada desta quinta-feira (13), no estacionamento do shopping Anália Franco, no Tatuapé, em São Paulo. 


Ela foi encontrada às 3h por seguranças do shopping, que fica na avenida Regente Feijó. Sueli estava deitada no banco traseiro do veículo, em estado de decomposição. Seu corpo não tinha sinais de violência, segundo a polícia. 


Divulgação Facebook

De acordo com amigos e parentes da bancária, na noite de sexta-feira (07) ela discutiu com o namorado, o comerciante Marcos Antônio Fernandes, de 43 anos, com quem tinha um relacionamento de sete anos. Segundo o delegado João Gilberto Pacífico, titular do 30º Distrito Policial (Tatuapé), Marcos Antônio disse que ele e Sueli romperam o namoro porque "ela estava se encontrando com outra pessoa". 


Ela deixou um bilhete a uma amiga pedindo que cuidasse de sua mãe e do apartamento que tinha comprado com Marcos Antônio e que caso morresse, queria ser cremada. A polícia trabalha com três linhas de investigação: suicídio, homicídio e mal súbito, já que a bancária tinha uma doença rara e tomava o medicamento Oxycontin, à base de morfina. 


O remédio dá sonolência, dormência e falta de ar, podendo provocar parada cardíaca, explicou o delegado. Segundo ele, a polícia está aguardando os exames do Instituto Médico Legal e analisando as imagens das câmeras de segurança do shopping.

PM reage com violência a protestos e SP vive noite de caos

André Monteiro
Gilberto Bergamim Jr.

O quarto dia de protestos contra a alta tarifa de transporte em São Paulo foi marcado pela repressão violenta da Polícia Militar, que deixou feridos manifestantes, jornalistas e pessoas que não tinham qualquer relação com os atos. Ao menos 192 pessoas foram detidas e cem manifestantes ficaram feridos.

Foto de Eduardo Anizelli - Folhapress

As agressões tiveram início quando manifestantes tentaram subir a rua da Consolação, em direção à avenida Paulista, onde havia um bloqueio policial. Sem ter sido agredida, a Tropa de Choque cercou os manifestantes e disparou bombas de efeito moral e balas de borracha. Assustados, motoristas abandonaram os carros. 

Foto de Eduardo Anizelli - Folhapress

Pessoas que estavam sentadas em um bar na avenida Paulista foram expulsas do local, à força, por um grupo de PMs. Entre os agredidos está um casal de universitários que chegou a participar da manifestação, mas deixou o protesto mais cedo ao notar atos de vandalismo. 
A estudante de Rádio e TV Gabriela Lacerda, de 24 anos, estava com o namorado, Raul Longhini, 20, no bar Charme da Paulista, na esquina com a alameda Casa Branca, quando um grupo de policiais abordou clientes e derrubou as mesas e cadeiras que estavam na calçada.
Os policiais, com escudo e tonfa (espécie de cassete-te), ordenaram a funcionários do estabelecimento que fechassem as portas e, aos gritos e empurrões, mandaram todos os clientes irem embora.
Os militares se dirigiram ao local após um grupo de pessoas correr para lá fugindo de bombas de gás lançadas por uma guarnição da Tropa de Choque. O grupo era formado na maioria por fotógrafos que se aglomeraram no canteiro central da Paulista e foram confundidos com manifestantes que se reagrupavam.
Após saírem do bar, Gabriela e Raul foram derrubados na calçada - ela teve o antebraço direito ferido com golpes de tonfa. "A polícia foi extremamente violenta. Eu estava sentada tomando cerveja e me jogaram no chão. Me deram porrada." A Folha de São Paulo presenciou as agressões. 

Longhini disse, revoltado, que não poderia nem reclamar da ação na Corregedoria da PM porque os policiais estavam sem identificação em seus coletes. "Isso é um absurdo. Quem deveria me proteger me agride sem motivo", afirmou o estudante de marketing. 

O prefeito Fernando Haddad (PT) disse que o ato de ontem foi marcado pela violência policial. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse que a PM não vai tolerar violência e obstrução de vias públicas. Também na avenida Paulista, uma funcionária do shopping Center 3 teve que fugir correndo para escapar das bombas lançadas por PMs. 

A recepcionista Carolina Pardin, de 25 anos, estava ao lado da reportagem, caminhando, quando um policial mirou em direção a ela após alguns manifestantes dispersarem na mesma direção. "Eu trabalho no shopping como recepcionista. Fiquei no horário normal, não fui liberada mais cedo. Por isso só saí agora. Vi que miraram em nossa direção e a bomba disparou perto de mim", disse a jovem após se recompor da inalação do gás lacrimogêneo. 

Na quarta-feira (12), o Ministério Público (MP) de São Paulo reuniu-se com manifestantes do MPL (Movimento Passe Livre) - organizador dos protestos contra o aumento da tarifa do transporte público - e se comprometeu a marcar uma reunião com Alckmin e com Haddad, para negociar uma suspensão, por 45 dias, do valor da nova tarifa de R$ 3,20. Antes do aumento, a tarifa de ônibus, metrô e trens custava R$ 3.
Alckmin, porém, descartou a possibilidade de suspender o aumento das tarifas pelo período. Procurada, a gestão Fernando Haddad ainda não se manifestou se aceitaria a proposta do MP.
"Quanto a reduzir o valor da passagem, não há possibilidade. O reajuste foi menor que a inflação, tanto nos trens e metrô quanto nos ônibus", disse Alckmin.
Haddad também disse que não reduzirá a tarifa de ônibus. Ele reafirmou que o aumento de R$ 3 para R$ 3,20 ficou abaixo da inflação e que cumpriu compromisso de sua campanha. Texto publicado originalmente em 14 de junho de 2013, no jornal Folha de São Paulo, caderno Cotidiano.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Assaltante é atropelado pela vítima em SP

Um assaltante ainda não identificado foi atropelado na noite desta quarta-feira (12) após roubar o relógio e o celular de um advogado no semáforo do cruzamento da Alameda Jaú com a rua Hadsock Lobo, nos Jardins, em São Paulo. O nome do advogado também não foi divulgado.
Segundo a polícia, por volta das 21h30 a vítima dirigia um Mercedes e estava com a namorada no semáforo, quando foi abordada pelo assaltante, que estava com uma arma de brinquedo. Ao tentar fugir, ele passou pela frente do carro da vítima, que acelerou e o atropelou. Em seguida, o advogado perdeu o controle do carro e bateu em outros dois veículos que estavam estacionados na rua. 
Na delegacia, ele disse que "agiu por impulso". O assaltante foi socorrido no Hospital das Clínicas. Não há informações sobre seu estado de saúde. O relógio e o celular, avaliados em R$ 15 mil, foram recuperados pela vítima. O caso foi registrado no 78º Distrito Policial (Jardins).

"Deus me livre de conhecer coisa pior", diz Ariano Suassuna sobre a banda Calypso

Confiram o vídeo aqui.

Após sofrer maus-tratos e perder pata, vira-lata conquista jovens em SP

Jairo Marques

Caso alguém decida fazer uma visita à escola municipal Romão Gomes, no Parque Novo Mundo (zona norte de São Paulo), no período da tarde, será recebido, em primeiro lugar, por um cão vira-lata de três patas batizado pelas crianças de Snoopy. Todos os dias, o cachorro aguarda os garotos Felipe Alves Nunes, de 14 anos, e Evandro Pereira Santos, 13, saírem da escola para acompanhá-los de volta para casa, no conjunto residencial Cingapura, pouco menos de um quilômetro dali.

Foto de Eduardo Knapp, Folhapress

O cachorro mora na rua, em frente ao prédio onde vive a dupla, e se alimenta graças à ajuda "de todo mundo que dá uma coisinha". Felipe acredita que o chamego do cão com ele e com o amigo Evandro veio após eles terem dado "duas salsichas saborosas" ao bicho. 
"Ele é meu melhor amigo. Reconheço o esforço que faz, todos os dias, andando 850 metros só para ficar me esperando. Retribuo brincando, jogando bola e fazendo carinho nele", diz Felipe, estudante da oitava série
A história de amor entre Snoopy e os meninos começou há dois anos, antes de o cão ter sofrido a amputação devido a maus-tratos. "O cachorro desapareceu por um tempo e todos na escola acharam estranho. Só ficamos sabendo de tudo o que tinha acontecido quando ele retornou à rotina, já sem a patinha da frente", afirma a diretora, Tânia Carmona.
Quando sumiu, Snoopy só foi encontrado após uma busca que envolveu estudantes e moradores do bairro. "Encontramos ele muito machucado. Ele me viu e parecia que pedia para eu ir embora porque queria morrer sozinho. Foi muito triste", lembra Felipe. 
Moradores e alunos fizeram uma vaquinha e conseguiram arrecadar o valor de R$ 2.000 para os cuidados veterinários emergenciais para o cachorro. Em poucas semanas, o vira-lata sorridente estava recuperado, mas tendo de conviver com uma deficiência: andar sem a pata esquerda dianteira.
"Para mim, ele ter só três patas não faz diferença nenhuma. Só no começo, que ele andava um pouco mais devagar, mas, agora, é quase normal. O meu amor por ele é igual", conta Evandro. Apesar de os alunos conhecerem o cachorro "da portaria", poucos sabiam de sua saga, que só ficou popular após a publicação dos detalhes em um blog do colégio.
"A história do Snoopy é próxima da vida da gente, não é conto de fadas. Todo o mundo se emociona com a vontade dele de continuar vindo com os meninos", conta Giovanna Lemos, 12. Snoopy também virou tema de exposição de cartazes feitos na escola. 
Os alunos descreveram em desenhos seus sentimentos pelo bicho. "O cachorro ultrapassou a função dos nossos projetos pedagógicos e mexeu com o emocional das crianças, que vivem uma realidade muito dura no bairro, muitas vezes de pobreza, de violência", declara Ana Paula Faria, professora de informática educativa do colégio.
O cachorro só sai da portaria durante o período de aula em três situações: quando vê um dos garotos na quadra de esporte e começa a latir em desespero, quando consegue driblar os funcionários para ficar babando na janela da sala de aula dos meninos e para acompanhar a dupla de volta para casa. 
Para a assistente de diretoria Marisa Testone, os detalhes da história do cachorro "despertaram um sentimento de união entre os alunos". Texto publicado originalmente em 13 de junho de 2013, no jornal Folha de São Paulo, caderno Cotidiano.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Promotor que pediu à Choque que atirasse contra manifestantes será desligado do Mackenzie

Marcelo Almeida 

O promotor Rogério Leão Zagallo, que escreveu um comen-tário no Facebook pedindo à Tropa de Choque que atirasse contra os manifestantes do Movimento Passe Livre, será desligado da Universidade Mackenzie, onde dá aulas no curso de Direito. universidade decidiu não renovar o seu contrato, informou Zagallo aos seus alunos. 


Preso no trânsito durante o protesto da última quinta-feira (06), o promotor escreveu em seu perfil pessoal: "Por favor, alguém poderia avisar a Tropa de Choque que essa região faz parte do meu Tribunal do Júri e que se eles matarem esses filhos da puta eu arquivarei o inquérito policial?".

Sobre o comentário do professor Zagallo, a universidade Mackenzie afirmou que mantém uma posição contrária a qualquer tipo de ação que desrespeite a liberdade e incite à violência. Texto publicado originalmente em 12 de junho de 2013, no jornal Folha de São Paulo, caderno Cotidiano.

Ônibus com 21 passageiros é assaltado na BR-116, em Feira de Santana

Um assalto levou pânico a 21 passageiros do ônibus da empresa Itapemirim (MQY 4049), que vinha de Belém e seguia para Aracaju, na madrugada desta quarta-feira (12), na BR-116, em Feira de Santana (a 108 km de Salvador). 
Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motoris-ta reduziu a velocidade ao passar no quebra-molas próximo à entrada do distrito de Maria Quitéria, quando o veículo foi invadido por cinco homens armados, por volta das 1h30. 
Os criminosos levaram relógios, carteiras, bolsas, celulares, tablets e sacolas das vítimas. Um dos bandidos apontou a arma para o motorista, enquanto os outros três roubavam os passageiros e colocavam tudo em mochilas, segundo a PRE. Em seguida, a quadrilha saltou do ônibus e fugiu a pé em direção a um matagal. 

No dia 16 de fevereiro, um ônibus da empresa São Luiz fazia a linha Uauá-Salvador, quando foi assaltado no mesmo quebra-molas. Na ocasião, quatro homens armados renderam o motorista e roubaram bolsas, celulares, cartões de crédito e dinheiro dos 20 passageiros e fugiram em um carro preto.  

Traficantes armados invadem velório e tentam impedir enterro em Feira de Santana

Três traficantes armados invadiram na tarde desta quarta-feira (12) a casa onde acontecia o velório de Jailton Alves da Silva, de 43 anos, e fizeram vários disparos para o alto, no bairro Queimadinha, em Feira de Santana (a 108 km de Salvador). 

A irmã da vítima, Maria de Fátima Silva Pereira, disse à polícia que o traficante conhecido como Lan e dois comparsas chegaram atirando, por volta das 14h, e fugiram a pé. Segundo ela, Lan queria impedir o velório por ter sido denunciado à polícia pela família de Jailton. 

No momento dos disparos a família e os amigos da vítima se esconderam em casas de vizinhos até a chegada dos policiais. Jailton foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (10) no bairro onde morava, na rua Rondônia, Travessa do Prato Raso. Não há informações sobre a autoria do crime.

Ainda segundo a irmã de Jailton, Lan matou seu irmão por achar que ele era informante da polícia. Com medo, os familiares da vítima deram sequência ao velório após a chegada da Polícia Militar.

terça-feira, 11 de junho de 2013

Homens armados invadem delegacia e resgatam presos em Ubaitaba

Dois homens armados invadiram a delegacia de Ubaitaba (a 378 km de Salvador) e resgataram quatro detentos na manhã desta terça-feira (11). 

Por volta das 10h, eles renderam o carcereiro e libertaram Alexandro de Jesus da Silva, conhecido como Cobrinha, preso por tráfico de drogas; Diego Silva Menezes, preso por furto; Edson Rocha de Souza, fugitivo de Minas Gerais e Uilam Chagas dos Santos, preso por tráfico de drogas

Em seguida, fugiram em um Volkswagen Gol prata que estava estacionado na porta da delegacia, com um terceiro compar-sa. Cerca de dez minutos após a fuga, Uilam foi deixado na estrada por falta de espaço no carro e recapturado por policiais militares. A delegacia abrigava 15 presos em quatro celas, mas tem capacidade para oito.

Estudante da Ufba morre baleada em ponto de ônibus no Vale do Canela

A estudante de arquivologia da Universidade Federal da Bahia (Ufba) Ana Carla Baldini Soares, de 45 anos, aguardava um ônibus para ir ao trabalho na manhã desta terça-feira (11), quando foi baleada em frente à Faculdade de Medicina da Ufba, no Vale do Canela, em SalvadorO crime aconteceu às 6h30, na avenida Reitor Miguel Calmon. 

O crime

Imagens de uma câmera de segurança mostram que um homem desce de um Volkswagen Gol prata, atira na estudante e foge. "Eu vi as imagens, um carro passou por ela, deu ré e desceu um homem com uma arma apontada para o chão. Ela fala algo e ele aponta para a cara dela e atira", contou o primo da vítima, Marcos Leal, ao Correio da Bahia. 

Ela foi atingida na cabeça e chegou ser socorrida por policiais militares, mas morreu a caminho do HGE (Hospital Geral do Estado). Ana Carla trabalhava na Seagri (Secretaria da Agricultura, Irrigação e Reforma Agrária) e morava com os pais no bairro do Canela. 

A Polícia Civil tem duas hipóteses para o crime: latrocínio (roubo seguido de morte) ou vingança. O caso será investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa).

O biquíni de Betty Faria e o efeito manada

Malu Fontes

São inegáveis os usos, os benefícios e a amplitude de infor-mações proporcionados pela internet. Mas como nada na vida é totalmente bom ou totalmente ruim, há uma onda de ódio cada vez mais manifestada pelos usuários de computadores conectados, independentemente de classe social, idade ou sexo, capaz de arregalar os olhos de quem se dá o trabalho de observá-la. 

Em todos os lugares do mundo sempre haverá pessoas dizendo e pregando coisas impensáveis sobre o próprio semelhante, mas, trazendo o fenômeno para a internet, nunca se viu tanta gente confundindo liberdade de expressão com apologia ao ódio e ao preconceito.

Mobilizados em grande parte pela violência urbana que cresce em proporções indescritíveis no Brasil, uma parcela nada desprezível de leitores de notícias on line ou com perfil em redes sociais parece sentir-se à vontade para reivindicar ou defender teses que deixariam os nazistas do passado constrangidos. 

E embora a violência noticiada seja, sim, um elemento motivador para que se escreva todo o tipo de apologia ao ódio, é bom lembrar que ela não é nem de longe o elemento mais fomentador dessas manifestações agressivas. O mesmo se dá diante de notícias relacionadas a aborto, sexo, homossexualidade, minorias sociais e velhice, entre outros temas. E mesmo que diante de denúncias de sofrimento de pessoas nesses contextos.

Esta semana, por exemplo, bastou a atriz Betty Faria aparecer na imprensa de biquíni, na praia, questionando por que não pode usá-lo aos 72 anos, que comentários em todos os veículos que publicaram a notícia explodiram em agressões contra a atriz, reduzida, no mínimo, a uma velha ridícula. 

Ora, e por que mesmo ela não pode usar biquíni, se homens com a mesma idade e até muito menos não são objeto de nenhum xingamento se saem por aí se banhando em público com suas barrigas, banhas e pelancas descomunais? Há uma semana, um índio foi morto e outro gravemente ferido em um conflito com a Polícia Federal numa desocupação de terras no Mato Grosso do Sul. 

Os comentários dos leitores eram de uma apologia ao ódio contra índios que custa a crer que pessoas em pleno gozo da saúde psíquica sejam capazes de fazê-los. Quanto ao que sobreviveu, era chamado de carnissa (sic) e não são poucos os que desejam que o rapaz fique “pelo menos paraplégico”, graças ao tiro que levou. 

O argumento para tamanho ódio era o de que índios são uma escória social, uma espécie de seborreia do país sustentada por pessoas de bem, essas que postam tais barbaridades na web. 

Esse comportamento tem nome: efeito manada, em que pessoas se valem da companhia de pares que sozinhos são covardes para em grupo ofender sem pudor. Mayara Petruso, a mocinha paulista que pregava a morte de nordestinos afogados nas enchentes de São Paulo porque elegeram Dilma Rousseff, é fichinha depois de tudo o que veio depois. 

Até mesmo um promotor de Justiça juntou-se à e-manada esta semana e, sobre os manifestantes na Avenida Paulista contra o reajuste da tarifa de ônibus afirmou numa rede social que se a Tropa de Choque os matasse, ele, promotor, arquivaria o inquéritoEm Salvador, uma manifestação de estudantes na Paralela levou a comentários do mesmo naipe: vagabundos, desordeiros, vândalos e que tais. Num artigo escrito há um ano, o jornalista Luciano Trigo deu o diagnóstico desse tipo de comportamento: as redes sociais estão se tornando veículo para perigosos rituais de justiça sumária e linchamento virtual por parte de uma e-massa exercendo um e-poder. Sem pudor algum. 

Texto publicado originalmente em 11 de junho de 2013, no jornal Correio da Bahia, pág. 02.

Malu Fontes é jornalista, doutora em Comunicação e Cultura e professora de Jornalismo da Ufba

segunda-feira, 10 de junho de 2013

DHPP apresenta acusados de matar mulher queimada em Salvador

A Polícia Civil da Bahia vai apresentar às 10h desta terça-feira (11) três acusados de envolvimento no homicídio de Emanuela Falcão Sarkis, de 33 anos, assassinada no dia 19 de maio, em Salvador. A vítima morava em Ondina e seu corpo foi encontrado no bairro de Sussuarana. 

Os acusados são Amanda da Silva Santana, de 28 anos, Cristiano Passos da Silva, 34 e Lucas de Jesus Santos, de 27 anos. Eles serão apresentados pela delegada Cleuba Regina Teles Borges de Barros, titular da Delegacia de Homicídios, na sede do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), às 10h, na Rua das Hortências, no bairro da Pituba.
Foto de Jung Yeon-Je, da AFP

Salvador tem 18 assassinatos e 8 tentativas de homicídio no final de semana

Salvador e região metropolitana registraram neste final de semana 18 assassinatos, oito tentativas de homicídio, 40 carros roubados e dez assaltos a ônibus. As informações são da Superintendência de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Stelecom). 

Entre os crimes, está o registrado no sábado (08), quando a assistente social Virginia Maria Pacheco Nonato, de 62 anos, foi morta durante um assalto no shopping Max Center, no Itaigara. 

No domingo (09), em Lauro de Freitas, região metropolitana da cidade, o aposentado Irenio Francisco Xavier, de 63 anos, foi morto com dois tiros na cabeça e dois no pescoço. O crime aconteceu por volta das 22h, no Jardim Pouso Alegre, em Itinga.

No Alto do Cabrito, dois homens em uma moto atiraram contra o jovem Wesley Oliveira dos Santos, de 18 anos, por volta das 14h30 do domingo, na rua Adilson Leite. Ele morreu no local do crime.

Cerca de meia hora depois, em Praia Grande, no Subúrbio Ferroviário, Jadilson Rosário dos Santos, de 27 anos, foi morto com sete tiros quando conversava com um amigo na Travessa Belo Horizonte. Segundo testemunhas, dois homens em duas motos atiraram contra a vítima e fugiram. 

No mesmo horário, policiais militares acharam um homem morto na rua São José, no bairro da Liberdade, por volta das 21h. A vítima aparentava 40 anos.

Na madrugada de sábado, o jovem Joanderson Barros Nogueira Silva, de 18 anos, foi assassinado com dois tiros na avenida Afrânio Peixoto, no bairro de Periperi, no Subúrbio Ferroviário. 

Por volta das 21h, Rosálio Antonio Silva de Jesus, deficiente mental de 43 anos, foi baleado na cabeça e no abdômen quando caminhava na rua Thomaz Gonzaga, em Pernambués, na região conhecida como Baixa do Manu. Ele era acusado de assediar mulheres no bairro, mas segundo a polícia, ainda não é possível afirmar que o crime esteja relacionado com os casos de assédio. 
Bruno Silva de Oliveira, de 29 anos, foi baleado na esquina da rua Senhor do Bonfim, no Lobato. Segundo a polícia, o criminoso se aproximou da vítima e disparou três vezes. Em seguida, fugiu a pé. Bruno chegou a ser socorrido no Hospital do Subúrbio, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Civil informou que ele não tinha passagem pela polícia.
Em Lauro de Freitas, região metropolitana da cidade, um homem aparentando 30 anos foi encontrado morto ao lado de um carro estacionado na frente de uma padaria. A vítima, baleada, já estava morta e não foi identificada porque estava sem documentos. 

Em Camaçari, também na região metropolitana, um homem ainda não identificado e aparentando 40 anos foi encontrado morto embaixo da passarela da praça Desembargador Montenegro, por volta das 2h30 desta segunda-feira (10). Ele foi baleado na cabeça.

Por volta das 20h do domingo, Tiago Bernardo de Souza Silva, de 36 anos, foi encontrado morto em São Francisco do Conde, na região metropolitana. Ele foi esfaqueado em várias partes do corpo e chegou a ser socorrido no Hospital Madre de Deus, mas não resistiu aos ferimentos.

Os outros sete crimes aconteceram em Nazaré, Periperi, Plataforma, Pojuca e Simões Filho. O nome e a idade das vítimas não foram divulgados.